terça-feira, 21 de maio de 2013

AQUELE SORRISO



AQUELE SORRISO
 (Ellen Oliveira)

Daquele sorriso, não me esqueço um minuto
Que cruzou meu caminho, quando estava de luto
Tinha consigo o dom de acalmar
Igual a ele, não hei de encontrar

Era um sorriso doce e calado
Que me fez esquecer o que havia passado
Transmitia paz e muita emoção
Aquele sorriso curou-me o coração

Era um sorriso puro e terno
Em minha memória ele será eterno
Por isso dedico a importância cabida
Pois aquele sorriso devolveu-me a vida

E agora? Quem me dirá?
Aquele sorriso, por onde andará?
Eu saberia se o visse de novo
Pois foi aquele sorriso que me fez um ser novo

(Ellen Oliveira, A quele Sorriso. In. Rabiscos Poéticos, p. 15)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre os Direitos Autorais

Em obediência à Lei 9.610/98 (Lei de Direitos Autorais), qualquer informação deste BLOG poderá ser reproduzida desde que citada a fonte. Quem assim não o fizer, poderá ser penalizado de acordo com o artigo 184 do CÓDIGO DE PROCESSO PENAL em vigência.

Blogs que Colaboro